ApresentaçÃo
Regulamentos
DocumentaçÃo
Avisos de Concurso
ContratualizaçÃo
EstratÉgias de eficiÊncia colectiva
Projectos Aprovados
Regras de PublicitaçÃo
NotÍcias
Candidaturas
Obras Realizadas



Acompanhe-nos no Facebook 

 
APROVADOS 210 NOVOS PROJECTOS DE SISTEMAS DE INCENTIVOS PARA EMPRESAS DA REGIÃO CENTRO
 

O Mais Centro aprovou 210 novos projetos destinados a aumentar a capacidade produtiva das micro e pequenas empresas da Região Centro e a estimular a sua vertente internacional. Estes projetos representam um investimento total de cerca 135 milhões de euros, com uma comparticipação do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) de 70,3 milhões de euros.

 

Para o Presidente da Comissão Diretiva do Mais Centro, Pedro Saraiva, «este conjunto de aprovações evidencia o dinamismo empresarial existente na Região Centro, traduzido num volume de candidaturas com elevada qualidade». Sublinha ainda que se encontram neste momento abertos concursos «que poderão vir a viabilizar um conjunto adicional de projetos com uma afetação adicional de 30 milhões de euros de fundos estruturais. Estas apostas do Mais Centro visam contribuir para o desenvolvimento económico e cariação de postos de trabalho. Em estreita colaboração com os empreendedores e empresários vale assim cada vez mais a pena CRER no Centro de Portugal».

Os setores abrangidos por estas 210 micro e pequenas empresas apoiadas são diversificados: indústria (embalagens de plástico, componentes mecânicos e eletrónicos, moldes metálicos, alimentares, mobiliário, entre outros), comércio (comércio por grosso de máquinas, vinhos e artigos de moda, entre outros), turismo (alojamento e animação turística) e serviços (informática, consultadoria, publicidade, design, entre outros).

Os projetos agora aprovados visam a promoção da inovação no tecido empresarial através do reforço da presença no mercado externo, por via da produção de novos bens, serviços e processos, bem como pela introdução de melhorias tecnológicas e pela criação de unidades ou de linhas de produção e através da criação de empresas, ou do reforço da capacidade produtiva de empresas com menos de três anos de atividade.

2012-11-07
 
 
Untitled Document
 
.